Condições de reserva para aluguer


1) RESERVAS :

Qualquer pedido de reserva de um aluguer mobilado deve ser acompanhado do pagamento de um depósito que represente 50% ou 30% do valor total da estadia, bem como da assinatura do contrato de aluguer em duplicado, um dos quais é conservado pelo cliente. Este contrato inclui as principais características da estadia e as condições de venda. O saldo, ou seja 50%, deve ser pago pelo menos 30 dias antes da data de chegada, caso contrário a reserva será considerada cancelada e o depósito definitivamente adquirido pela agência. Para as reservas efectuadas menos de 30 dias antes do dia da partida, é exigido o pagamento integral da estadia.

2) DATA DA ESTADA :

As datas são indicadas no seu contrato; em geral de sábado a sábado ou de domingo a domingo: chegada entre as 16h00 e as 19h00, e partida entre as 8h00 e as 10h00. Compete ao proprietário ou ao seu representante receber os inquilinos para as formalidades de chegada. O arrendatário terá de confirmar a hora de chegada 48 horas antes, pelo menos com a agência ou com o proprietário, de acordo com as instruções constantes do comprovativo de estadia. À chegada e após 19 horas, o proprietário não é obrigado a deixar os hóspedes entrar no alojamento alugado. Os hóspedes terão então de passar a noite no hotel às suas próprias custas. Se o arrendatário não comparecer no acto de nomeação e não tiver informado o responsável pela recepção das causas da sua ausência, perderá todos os direitos sobre o aluguer. Neste caso, o proprietário ou o seu representante poderá readmitir imediatamente o imóvel nas melhores condições. A marcação da partida deve também ser especificada pelos arrendatários, 48 horas antes da partida efectiva, com a agência ou com o proprietário, a fim de entregar as chaves e fazer o inventário das instalações. Regra geral, as partidas têm lugar antes das 10 horas da manhã, de modo a permitir ao proprietário limpar o local, se necessário, e verificar os utensílios e equipamentos: loiça, roupa de cama, electrodomésticos.

3) DURAÇÃO DA ESTADIA:

Tendo o presente arrendamento sido concedido apenas numa base sazonal, o arrendatário compromete-se a abandonar as instalações na data prevista no contrato, tendo, além disso, o seu domicílio indicado como o seu endereço no presente contrato. O aluguer não pode ser prolongado sem o acordo prévio do proprietário e da agência, aceitando-o assim o locatário. Ele não terá o direito de subalugar.

4) PREÇOS :

Os preços de aluguer, expressos em euros, são para o período de Verão, todos os encargos incluídos: impostos, taxas, encargos com água, electricidade, gás, manutenção da piscina, excepto custos adicionais: roupa de casa, horas extra de limpeza e telefone não incluídos. Para a época de Inverno, as despesas de água, electricidade, gás, aquecimento, devem ser pagas no final da estadia, junto da agência ou do proprietário, com base numa leitura efectiva do contador ou num preço fixo pré-estabelecido.

5) DEPÓSITO + IDENTIDADE DO ARRENDATÁRIO:

No momento da reserva, é sistematicamente constituída uma caução sob a forma de uma marca bancária, sendo o montante especificado no contrato de aluguer.  Este será devolvido o mais tardar um mês após a partida, excepto se tiverem ocorrido danos, objectos em falta, danos ou custos de limpeza a reter. Se o aluguer tiver telefone, o depósito também só será reembolsado após a recepção dos extractos e pagamentos. O arrendatário terá de fornecer uma cópia do seu bilhete de identidade à chegada para identificar o arrendatário em relação ao contrato assinado.

6) FORNECIMENTOS - INVENTÁRIO DAS INSTALAÇÕES E ACESSÓRIOS - REGULAMENTO INTERNO:

O proprietário é responsável pela qualidade e quantidade do equipamento interior, que deve estar em relação ao número de pessoas previsto no contrato e de acordo com a descrição feita aquando da assinatura do contrato. Para o efeito, é elaborado um inventário das instalações à sua chegada e é-lhe comunicado um regulamento interno. Estes documentos são as únicas referências em caso de litígio. Em caso de objectos em falta ou defeituosos ou problemas particulares, por favor informe a nossa agência no prazo de 48 horas após a sua chegada, nenhum litígio será aceite após este prazo. No final da sua estadia, será feita uma verificação de inventário. Qualquer dano ou desaparecimento de equipamento constatado no dia da partida ou posteriormente, no regresso dos proprietários, se o inventário das instalações tiver sido feito pela agência, poderá ser cobrado e deduzido do depósito. Salvo disposição em contrário, não são fornecidas roupas de cama, toalhas e toalhas de piscina. No entanto, o arrendatário pode, por um preço adicional, pedir directamente ao proprietário que lhe forneça roupa de cama e toalhas, podendo também, sob a sua própria responsabilidade, pedir para providenciar uma empregada durante a sua estadia. É evidente que, no caso de os fornecimentos não previstos no contrato não estarem no local no dia da chegada ou de o trabalhador não aparecer na data prevista, nem o proprietário nem a agência poderão ser responsabilizados e o arrendatário não poderá reclamar qualquer indemnização. Do mesmo modo, em caso de litígio entre a governanta e o inquilino, este último fará disso a sua actividade pessoal, administrativa, financeira ou moral.

7) NOITES :

Nem a agência nem o proprietário podem ser responsabilizados por quaisquer irregularidades e/ou falta de usufruto que possam ocorrer nos serviços de água, electricidade, telefone, etc... Do mesmo modo, as obras, os estaleiros de construção, os diversos eventos de origem privada ou as autoridades públicas não se podem opor à agência porque incomodam os residentes locais, quer sejam ou não alugados através da agência. 

8) AGREGADOS FAMILIARES : 

O alojamento será entregue ao inquilino, em perfeito estado de limpeza e o equipamento em condições de funcionamento. O inquilino terá de ter feito uma limpeza básica no início, nomeadamente: lavar e arrumar completamente a loiça, limpar a área da cozinha, retirar lençóis, coberturas e fronhas das camas, arrumar o mobiliário de jardim, limpar os restos de comida e colocar os caixotes do lixo no local previsto. Se tal não for o caso ou se o estado de limpeza da casa se revelar "indigno", o proprietário pode cobrar horas extraordinárias aos inquilinos, especificando esse facto no inventário das instalações à partida e fazendo-o pagar no local. Para uma boa compreensão, relate à agência quaisquer pequenos gestos infelizes que possa ter tido durante a sua estadia: quebras, manchas, danos nos colchões, cobertores, cortinas, tapetes...

9) OBRIGAÇÕES DO ARRENDATÁRIO :

O inquilino deve comportar-se como um bom pai e assegurar a boa manutenção das instalações de acordo com as regras da casa. O objecto do arrendamento não deve ser habitado, mesmo durante alguns dias, por um número superior ao previsto no presente contrato. Em caso de incumprimento desta cláusula, o proprietário tem o direito de exigir um suplemento de renda ou de exigir a partida do número de pessoas em excesso. Do mesmo modo, é proibido colocar tendas no jardim, ou estacionar caravanas no jardim. O arrendatário não pode, em circunstância alguma, introduzir um animal (cão, gato, etc.) na habitação actualmente arrendada sem autorização. Os eventos excepcionais (casamentos, recepções) estão sujeitos ao acordo prévio do proprietário. O arrendatário deve abster-se absolutamente de atirar para os lavatórios, banheiras, bidés, lavatórios, lavatórios, sanitas, etc., objectos susceptíveis de obstruir os esgotos, sob pena de ser responsabilizado pelos custos incorridos para voltar a colocar estes aparelhos em serviço. A este respeito, devido às dificuldades encontradas durante a época para obter a intervenção do pessoal ou de uma empresa especializada, o organismo declina qualquer responsabilidade por qualquer atraso na realização das reparações necessárias. O locatário não poderá exigir qualquer redução da renda, caso surjam reparações urgentes a cargo do proprietário durante o período de aluguer. O arrendatário será obrigado, antes da realização do inventário à partida, a repor o mobiliário e mobiliário no local que ocupava quando entrou, caso contrário, os custos dos danos serão cobrados aos arrendatários. As piscinas não podem ser esvaziadas sem o acordo do proprietário ou do seu representante, o inquilino nunca deve intervir pessoalmente na piscina.

10) SEGUROS :

A noção de responsabilidade civil varia de país para país e a responsabilidade da nossa agência não pode ser assumida em resultado de acidentes, perdas, roubos, incêndios, danos causados pela água, ferimentos, etc... O arrendatário deverá fornecer à agência ou ao proprietário, à chegada às instalações, um certificado de garantia de responsabilidade civil do tipo "viagem de permanência do ocupante" fornecido, em princípio, gratuitamente pela sua companhia de seguros. Consequentemente, o proprietário e a agência declaram toda e qualquer responsabilidade por qualquer recurso que a sua seguradora possa exercer contra os arrendatários, em caso de sinistro.

11) LIMITAÇÃO DOS COMPROMISSOS EM MATÉRIA DE CALIFERAÇÕES :

A descrição dos nossos alugueres, bem como todas as informações contidas nos nossos vários documentos e contratos, são fornecidos de boa fé com base nas indicações dadas pelos proprietários ou pelo seu representante e envolvem apenas a sua responsabilidade. As indicações relativas à localização, natureza e instalação das instalações são a transcrição exacta das informações fornecidas pelo proprietário, que certifica que as instalações estarão em perfeito estado de instalação e limpeza para a chegada do arrendatário. A CALYFERIAS não pode ser considerada responsável por qualquer falta do proprietário a este respeito. A responsabilidade da agência não pode também ser assumida no caso de alterações que afectem o local arrendado ou o seu ambiente não terem sido levadas ao seu conhecimento pelo proprietário à data da reserva ou que possam intervir entre o momento da reserva e a entrada nos locais do arrendatário. No presente arrendamento, o papel comercial da agência limita-se ao de intermediário entre as partes e a sua responsabilidade não pode ser assumida pelo proprietário ou pelo arrendatário.

12) CANCELAMENTO POR PARTE DO CLIENTE :

Infelizmente, pode acontecer que o inquilino não possa sair como planeado; neste caso, o seu cancelamento por telefone deve ser-nos confirmado por e-mail, antes do início da estadia. Também, em caso de cancelamento: 30 dias ou mais antes da data de chegada: 25% do montante total da estadia será retido. Entre 29 dias e 21 dias antes da data de chegada: 60% do montante total da estadia, incluindo as taxas de reserva. Menos de 21 dias antes da data de chegada prevista, o montante total da estadia será retido, incluindo as taxas de reserva (dentro do limite dos montantes já recebidos pela agência). Qualquer estadia interrompida ou encurtada, ou qualquer serviço não consumido, devido ao turista, por qualquer razão que seja, não dará lugar a qualquer reembolso.

13) RECLAMAÇÕES :

Quaisquer reclamações relativas aos imóveis arrendados devem ser apresentadas no prazo de 48 horas após a entrada nas instalações, por carta registada, acompanhada de prova a enviar à agência. A agência elaborará um relatório. Após este período, as queixas não podem ser tomadas em consideração e não serão reembolsadas. Em caso de litígio, o tribunal competente será o da comarca onde se encontra o imóvel arrendado. Para detalhes de menor importância, estamos sempre lá para o ajudar e servir de intermediário com o proprietário.